Publicado em 08 de novembro de 2010

FGV: inflação pelo IPC-S é de 0,67% na 1ª prévia do mês


FGV: inflação pelo IPC-S é de 0,67% na 1ª prévia do mês

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) foi de 0,67% na quadrissemana encerrada em 7 de novembro, o que corresponde à primeira prévia do mês, informou hoje a Fundação Getúlio Vargas (FGV). A taxa ficou acima do IPC-S imediatamente anterior, referente à quadrissemana finalizada em 31 de outubro, quando houve alta de 0,59% nos preços.

Das sete classes de despesa usadas para cálculo do IPC-S, cinco apresentaram acréscimos em suas taxas de variação de preços, do indicador de até 31 de outubro para o índice de até 7 de novembro. Este é o caso de Alimentação (de 1,38% para 1,54%), Habitação (de 0,20% para 0,21%), Vestuário (de 0,58% para 0,76%), Educação, Leitura e Recreação (de 0,14% para 0,18%) e Transportes (de 0,45% para 0,66%).

De acordo com a FGV, da última quadrissemana de outubro para a primeira prévia de novembro, houve aumentos mais intensos de preços em produtos importantes no cálculo da inflação varejista, como carnes bovinas (de 3,88% para 4,98%), gasolina (de 0,59% para 1,32%), hotel (de 0,20% para 0,91%), roupas (de 0,68% para 0,90%) e artigos de conservação e reparo (de 0,09% para 0,35%).

Apenas duas classes de despesa apresentaram desaceleração de preços. É o caso de Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,30% para 0,20%) e Despesas Diversas (de 0,19% para 0,17%). A FGV informou ainda que, entre os produtos pesquisados para cálculo do IPC-S de até 7 de novembro, as elevações mais significativas foram apuradas nos preços de batata-inglesa (11,62%), feijão carioquinha (15,71%) e tomate (15,15%). Já as mais expressivas quedas foram registradas nos preços de mamão papaia (recuo de 13,44%), banana-prata (baixa de 11,33%) e manga (queda de 17,36%).

 

Deixe uma resposta

 

Últimas Notícias